Cloudflare o que é, para que serve e como instalar

  • por
Cloudflare o que é

Olá amigos(as) que acompanham nossas dicas de desenvolvimento web aqui no site da DOTES, hoje estamos aqui para falar sobre um tema bem interessante: Cloudflare o que é, para que serve e como instalar em seu blog, loja virtual ou site de negócios. A Cloudflare atua como um proxy reverso para o tráfego da web, oferece suporte a protocolos da web, incluindo SPDY e HTTP / 2. Além disso, Cloudflare oferece suporte para HTTP / 2 Server Push.

Os serviços básicos da Cloudflare foram lançados ainda em 2010, no TechCrunch Disrupt com 1.000 sites inscritos durante a versão beta inicial. Em 2011 a Cloudflare lançou um Gateway IPv6 automático e gratuito para todos os usuários facilitando assim a transição para o IPv6. Em 2014 aconteceu o lançamento do SSL universal para todos os clientes Cloudflare o que garantiu que todos os sites com suporte a essa tecnologia na rede deles passasem a funcionar com total segurança.

Cloudflare o que é

Em 2015 a rede deu um passo gigantesco e anunciou sua expansão para a China e a parceria com o Baidu para colocar 17 novos data centers online na China continental. Desde então eles não pararam mais de implementar novidades em sua estrutura tecnológica, a seguir relacionamos algumas das melhorias que foram implementadas ano a ano:
  • 2017 / Unmetered DDoS mitigation (mitigação a ataques do tipo DDoS)
  • 2017 / Cloudflare Stream
  • 2017 / Geo Key Manager
  • 2017 / Workers
  • 2018 / Registrar
  • 2018 / Bandwidth Alliance
  • 2018 / QUIC support
  • 2018 / Workers KV e ESNI
  • 2019 / WARP Plus,  Browser Insights, Bot Defend Mode
  • 2019 / Workers Sites, HTTP3
  • 2020 – Cloudflare faz 10 anos e estão lançando várias novidades em sua semana de aniversário

Cloudflare o que é

A Cloudflare é uma empresa americana de infraestrutura da web e segurança de sites, fornecendo serviços de rede de entrega de conteúdo, proteção contra ataques do tipo DDoS, segurança da Internet e serviços de servidor de nomes de domínio distribuídos.

Os serviços da Cloudflare ficam entre o visitante de um site e o provedor de hospedagem do usuário da Cloudflare, agindo como um proxy reverso para sites. A sede da Cloudflare fica em San Francisco.

Sempre que eles implementam um código novo, isso afeta automaticamente mais de 25 milhões de propriedades da Internet. Todos os dias, milhares de novos clientes se inscrevem no serviço Cloudflare. Todos os dias, eles encaram mais de 1 bilhão de endereços IP exclusivos. Atualmente eles estão fornecendo dados de 200 cidades em mais de 100 países ao redor do mundo.

Cloudflare para que serve

Utilizamos a Cloudflare para fins variados, contudo ele é amplamente utilizado como uma rede de distribuição de conteúdos estáticos (CDN – content delivery network). A Cloudflare oferece um serviço popular de rede de distribuição de conteúdo (CDN),  foi lançada em 2010 e o TechCrunch chegou a mencionar na época de seu lançamento que seu objetivo era ser “um CDN para as massas”. Dez anos depois, a empresa confirmou que apoia mais de 25 milhões de sites da Internet.

A Cloudflare também oferece serviços de mitigação de DDoS protegendo seus usuários de ataques distribuídos de negação de serviço (DDoS). Em setembro de 2020, a empresa afirmou bloquear “uma média de 72 bilhões de ameaças por dia, incluindo alguns dos maiores ataques DDoS da história.”

Em 6 de setembro de 2019, a Wikipedia foi vítima de um ataque DDoS. Os usuários europeus não conseguiram acessar a Wikipedia por várias horas. Este ataque foi mitigado depois que os engenheiros de rede da Wikimedia usaram a rede da Cloudflare e os serviços de proteção DDoS para redirecionar e filtrar o tráfego da Internet.

Cloudflare como instalar

Instalar a Cloudflare é bem simples. Tudo começa criando uma nova conta no site oficial deles. Para ter seu site protegido por essa tecnologia, basta seguir os passos ilustrados pela lista a seguir:

  1. Visite o site https://www.cloudflare.com/;
  2. Uma vez com o site carregado, clique no link “Sign Up“, localizado no topo da página;
  3. Depois de clicar no link você será redirecionado para uma página que vai pedir um email válido e uma senha;
  4. Feito isso basta clicar no botão “Create Account” e sua conta na Cloudflare estará ativa;
  5. Eles devem enviar um código para validar sua conta ao email informado, então fique de olho para a sua caixa de mensagens para verificar quando o email com o código chegar na caixa, só com esse código será possível seguir adiante;
  6. No próximo passo é só informar o endereço do site a ser configurado e clicar no botão para avançar;
  7. Na próxima tela, a Cloudflare vai copiar os endereços públicos de DNS do seu site, e especificará que os endereços principais (do tipo A) serão configurados para passar pelo proxy da Cloudflare. Basta clicar no botão para seguir adiante;
  8. Vencidas as 7 etapas anteriores você vai chegar na página onde a Cloudflare informa quais são seus novos servidores de DNS, e solicitará que você troque as informações antigas dos servidores de nomes, pelos que forem informados nesta página.
  9. Não se acanhe agora, falta pouco: feito isso basta visitar o endereço do lugar onde seu domínio foi registrado e fazer a alteração assim como solicitada na última página do procedimento de registro de uma nova conta no CF;
  10. Uma vez atualizado o registro do domínio, os “nameservers” passarão a apontar para os servidores da Cloudflare que funcionarão como uma camada superior entre seu visitante e o provedor de hospedagem. Volte até a Cloudflare e visite a página inicial para ter certeza que o procedimento funcionou.

Cloudflare como instalar

Como funciona o cache

Existem alguns tipos de arquivos que são necessários para a construção de páginas web. Alguns desses arquivos mudam com pouca frequência (como imagens, ou arquivos do tipo JavaScript/CSS). Esses “arquivos estáticos” merecem estar em um “CDN” para que a disponibilidade desses arquivos não se restrinja apenas ao seu provedor de hospedagem.

Esta é uma das principais funcionalidades que a Cloudflare oferece hoje praticamente de graça: você pode fazer com que esse tipo de conteúdo seja disponibilizado através de uma rede de distribuição de conteúdos mundial que entregará seus arquivos com uma disponibilidade muito maior do que o seu provedor de hospedagem pode conseguir.

Como benefício direto, seu site vai conseguir carregar os arquivos estáticos com mais velocidade, e estará disponível aos seus visitantes em uma menor quantidade de tempo, aumentando assim consideravelmente a velocidade para carregar suas páginas principais. Este é um dos melhores sistemas de distribuição de conteúdos estáticos disponível gratuitamente na internet, daí conseguimos compreender o tamanho da popularidade desta ferramenta.

Contradições nos serviços e termos de uso

A Cloudflare esteve sob pressão em várias ocasiões devido às suas políticas e por se recusar a cessar o suporte técnico (como roteamento DNS e mitigação de DDoS) a sites como LulzSec, The Daily Stormer e 8chan. Existem argumentos de que os serviços da Cloudflare permitem o acesso a conteúdo que espalha ódio e causou danos e mortes.  No entanto, a Cloudflare, como um provedor de infraestrutura de Internet, tem ampla imunidade legal ao conteúdo produzido por seus usuários.

A Cloudflare forneceu roteamento DNS e proteção DoS para o site da supremacia branca e neonazista, The Daily Stormer. Em 2017, a Cloudflare parou de fornecer seus serviços para o The Daily Stormer após um anúncio no site polêmico afirmar que os “escalões superiores” da Cloudflare eram “secretamente apoiadores de sua ideologia”. Anteriormente, a Cloudflare recusou-se a tomar qualquer medida em relação ao The Daily Stormer, apesar da pressão pública generalizada.  Como um autodenominado “absolutista da liberdade de expressão”, o CEO da Cloudflare, Matthew Prince, em uma postagem de blog, jurou nunca mais sucumbir à pressão externa e procurou criar um “guarda-chuva político” para o futuro.  Prince abordou ainda os perigos de grandes empresas decidirem o que é permitido permanecer online, uma preocupação que é compartilhada por vários grupos de liberdades civis e especialistas em privacidade.  A Electronic Frontier Foundation, um grupo de direitos digitais dos EUA, disse que serviços como o Cloudflare “não deveriam julgar o que fala é aceitável”, acrescentando que “quando ocorre atividade ilegal, como incitação à violência ou difamação, o canal adequado para lidar com isso é o sistema legal. ”

De acordo com o The Huffington Post, a Cloudflare fornece serviços a “pelo menos 7 grupos terroristas”, conforme designado pelo Departamento de Estado dos Estados Unidos.  De acordo com o artigo, a Cloudflare fornece serviços para o Talibã, Hamas, as Brigadas Al-Quds e outros grupos terroristas, estão cientes desde pelo menos 2012 e não tomaram nenhuma ação. De acordo com o CEO da Cloudflare, nenhuma agência de aplicação da lei pediu à empresa para descontinuar esses serviços.

Vale a pena usar essa solução? Devo utilizar este serviço no meu site?!

Diante da quantidade de vantagens oferecidas gratuitamente pela Cloudflare, é inegável que os serviços oferecidos por eles só devem contribuir positivamente para o ambiente tecnológico de sites de pequeno, médio e principalmente para projetos de grande porte.

Uma das principais recomendações de velocidade que fornecemos a nossos clientes é que SIGAM ADIANTE e façam a configuração (ou nos contratem pra fazer) que inclui este serviço em seus ambientes tecnológicos, além de aumentar a segurança e a velocidade dos sites, sem dúvidas é uma ferramenta que colabora bastante evitando que os projetos de nossos clientes sejam alvos de ataques ou comportamentos maliciosos.

Marcações:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *